Filmes

João e Maria: Caçadores de Bruxas

Oláá!

Bom, dia 25 de janeiro estreou o filme “João e Maria: Caçadores de Bruxas”, infelizmente não consegui assistir na estréia, mãããããs ontem fui ao cinema com meu namorado (oi lucas! <333 haha) e, gente, amei o filme! Por isso, logo que cheguei em casa, sentei na frente do computador e não parei de escrever haha.

A clássica história que liamos quando crianças relata a aventura de dois irmãos, João e Maria (Hansel e Gretel, os verdadeiros nomes), filhos de um pobre lenhador, que em acordo com sua esposa, decide abandona-los na floresta, porque a família não tem condições financeiras. Como as duas crianças estavam sozinhas e não queriam se perder espalham migalhas de pão pelo chão. Infelizmente os pedaços de pão são comidos pelos pássaros e com isso João e Maria acabam perdidos na floresta.

Quando tentam voltar para casa, acabam encontrando uma casa feita de doces os quais são comidos pelos dois. São então recolhidos pela dona da casa que se revela ser uma bruxa e planeja comer as duas crianças. João e Maria descobrem o plano e conseguem manda-la para o forno. Os dois são encontrados pelo pai, cuja mulher tinha morrido, e voltam para casa levando lições para a vida.

obs: Spoilers estarão em italico.

No filme, essa história é um pouco modificada tentando mostrar que tudo se passava por causa de um grande segredo.

O filme começa contando a história das crianças, e logo de cara nos arrepiamos com a horrível bruxa (da casa dos doces). Nessa parte já estava pirando, eu simplesmente amo histórias fofas transformadas em terror!!! hahaha

A passagem de tempo é ótima, afinal a história do filme acontece 15 anos depois do encontro com a bruxa dos doces. Quando João e Maria conseguem sair da casa, depois de jogar a bruxa no forno, começamos a ver várias páginas de “jornais” contando a história das crianças prodígio. Essa passagem é mostrada através dos desenhos, onde as crianças começam a caçar bruxas e crescem sendo os melhores caçadores já vistos.

kids

A cidade está sendo atacada por bruxas que estão levando suas crianças, por isso acusam uma mulher de bruxaria, é quando finalmente conhecemos os crescidos João e Maria pois, são contratados pelo prefeito para acabar com com as bruxas e resgatarem as crianças. Eles chegam mostrando sua experiência e evitando uma morte injusta, checando se a mulher está “limpa”. O que eu mais adoro nessa cena é que os dois não ligam se os outros vão gostar deles ou não, simplesmente fazem seu trabalho. E, obvio, quando a Maria da uma cabeçada em um homem que se acha o dono da cidade hahahaha.

Nessa mesma cidade, João e Maria ganham admiradores que vão ajuda-los bastante no filme, mas também pessoas que vão fazer de tudo para que eles não cumpram a missão.

amigos e inimigos

A primeira cena de luta com uma bruxa (luta luta mesmo, com os dois grandes) me surpreendeu muito, porque geralmente nesses filmes que os protagonistas são “awesome” é igual video game: no começo os mals são simples de matar, o problema é quando chega no chefão (nerdisses a parte…). Agora nesse filme todos são complicados! Admito que me deu uma agonia ver que t-o-d-o-s são fortes, mas amei pois é emoção a flor da pele! haha

Com o passar do filme vão acontecendo descobertas onde o passando reflete no futuro. Como quando na metade do filme descobrimos que não existem só bruxas más, mas também as “white witches” e que elas podem estar muito mais próximas do que esperávamos.

Super Spoilers:
•Adorei o “covil” da melhor bruxa do bem tenha sido na própria casa deles. Mostrou que desde sempre tiveram segredos para serem desvendados.
•Eu não esperava que a mãe deles fosse uma bruxa e que ela tivesse se sacrificado pelos filhos depois de “enfeitiçar” os dois para proteção contra as bruxas. Mas adorei a ideia.
•Também amei entender porque o Edward (o troll) falou que tem que obedecer as bruxas, afinal filha de bruxa, bruxinha é (ai lara shut up).
•Ótima, ótima, ótima ideia voltar pra casa deles, descobrir que aquela cidade foi a que eles moravam foi, putz, muito legal! Tudo fez sentido sabe? Alias essa cena que eles se reencontram depois da batalha com as bruxas foi linda gente! Legal mostrar o amor fraternal deles.
•Aquela “reunião” de bruxas me arrepiou! Ficou muito bom!!
•A história das 12 crianças também curti, que cada uma tinha que nascer em meses diferentes e tal, muito bom. Precisar do coração da Maria, o que faltava…good good.
•Última cena ficou incrível mostrando que todos que ajudaram a matar as bruxas agora estão unidos e cada vez mais fortes!
Extras:
•Gente a maquiagem do filme é incrível! As bruxas são tão bem feitas que eu fiquei de boca aberta. Deem uma olhada em algumas:

bruxas

Eu amei o figurino dos protagonistas, transmitindo a força deles. Ponto positivo para Maria que usava calças, roupas que pra época era algo nem um pouco comum:

roupas

•As armas são muuuuuuito iradas! Sério muito legal! hahaha. Olhem:

armas joão

armas maria

•Bom, acho que é isso, espero não ter enrolado a cabeça de vocês, mas é que eu fiquei tão animada com esse filme que estava morrendo de vontade de compartilhar isso!! ((:

Super indico o filme pra todos (menos pra crianças porque poxa… da medo haha)!! As meninas mais românticas vão assistir com os namorados ou amigos porque assim ó, tem um mini romance vai… haha, os que gostam de aventura, ação, terror vão amar (pelo menos eu amei!)!

Fiquem com o trailer extendido do filme:

Beijooo

About these ads

One thought on “João e Maria: Caçadores de Bruxas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s